Bebidas

Cerveja artesanal

Cerveja artesanal por definição é aquela produzida por cervejarias pequenas com ingredientes de qualidade e métodos clássicos.

A produção baseia-se em estilos tradicionais advindos de tempos antigos e de vários locais.

 

Cerveja é tudo igual? Artesanal não é!

 

Mas a cerveja artesanal, especial ou gourmet, vai além de sua definição. Hoje está presente no mundo todo e despertando milhões de pessoas, especialmente no Brasil. Para os apaixonados, o mundo cervejeiro tem uma cultura própria que precisa ser valorizada. Para os iniciantes, a curiosidade pelo novo e agradável promove um caminho sem volta.

 

cerveja artesanal

 

 

A quarta bebida mais vendida no mundo e a primeira no Brasil não é de agora e “não é tudo igual”. Os primeiros registros da cerveja são de 6.000 a.C., deixados pelos Sumérios que nessa época já dominavam a fabricação de 20 estilos diferentes de cerveja. Ao longo do tempo, a produção de cerveja se espalhou pelo mundo.

 

A inspiração das artesanais que conhecemos hoje veio de cervejas de vários países, entre eles a Alemanha, Inglaterra e Bélgica. Esses foram os locais onde a cultura cervejeira mais se desenvolveu. Definimos esses países como “escolas cervejeiras” para o restante do mundo. Mais recentemente o mercado da cerveja artesanal se desenvolveu nos Estados Unidos e para alguns, já seria a quarta escola de cerveja.

 

As cervejarias artesanais em geral têm como mestres cervejeiros pessoas apaixonadas pela “cultura cervejeira”, que gostam de criar bebidas de excelência. Por serem pequenas, não contam com a estrutura das grandes indústrias cervejeiras, mas por outro lado, têm maior liberdade. São produções menores em litros, mas ricas em estilos, sabores, cores, aromas, adjuntos e técnicas.

 

Na composição, a cevada maltada é o carro-chefe. Além dela, temos o lúpulo, a levedura e a água. Para alguns estilos, há a necessidade de usar trigo ou até outros grãos em menor escala. Mas este uso nunca é indicado para diminuir custos e sim para melhorar a bebida. Ainda há o que chamamos de adjuntos, que são outros ingredientes. Aqui estamos cada dia mais a inventar e, por ser um país tropical, temos uma variedade imensa de opções que nos proporcionam cerveja com maracujá, limão, cupuaçu, café, pequi, pimenta, e assim a lista segue.

 

cerveja-artesanal

 

O mundo da cerveja tem outro personagem que é o cervejeiro caseiro ou cervejeiro de panela. São aqueles apaixonados que produzem em casa certas levas com apenas alguns litros, usando equipamentos simples que vão desde panelas até baldes. Ao contrário do que poderia parecer o produto final, na maioria das vezes, é de excelente qualidade.

 

Cerveja artesanal é o fruto desse contexto. Pode ser amarga, ácida, doce, salgada ou até lembrar um condimento ou uma fruta.

 

É tudo de bom e de tudo, um pouco. Uma garrafa para cada história, um rótulo para cada momento, um estilo para cada companhia, um sabor para cada harmonização.

 

food lover

 

O que achou da matéria? Sua opinião é muito importante para nós 🙂

 

Compartilhe essa matéria com seus amigos cervejeiros, adoramos compartilhar nossa amor pela gastronomia…

 

 

Seja um Food Lover também – Confira os detalhes

.

Deixe um comentário